SOJICULTURA
24/01/2013 | 15h21

Principal produtora de soja do sudoeste de Goiás, Rio Verde abre oficialmente a colheita de soja da safra 2012/2013

Cerimônia ocorre nesta sexta, dia 25, com transmissão ao vivo pelo Canal Rural a partir das 10h30min

  • Luiz Patroni | Rio Verde (GO)
Atualizada em 25/01/2013 às 10h30
  • Enviar
Produção/Canal Rural
Foto: Produção/Canal Rural
Produtores de soja de Rio Verde ajudaram cidade a se tornar uma grande potência do agronegócio em Goiás

A Abertura Oficial da Colheita da Safra de Soja 2012/2013 é nesta sexta, dia 25. O evento inédito marca a safra apontada como a mais importante da história do Brasil. E o palco desta cerimônia é Rio Verde, no sudoeste de Goiás. A cidade é a principal produtora de soja na região e é caracterizada por ter uma agricultura tecnificada, que alimenta uma forte agroindústria. A solenidade ocorrerá na Fazenda Abóbora (rodovia GO-174, Km 04, sentido Rio Verde - Caçu).

>> AO VIVO: acompanhe a transmissão pelo Canal Rural
>> Participe enviando fotos da colheita na sua lavoura

A 230 quilômetros de Goiânia, Rio Verde tem mais de 180 mil habitantes e 164 anos de história. Mas o desenvolvimento chegou mesmo nas últimas quatro décadas, com a abertura do Cerrado. O local virou um celeiro de alimentos, produzidos por pessoas como Sadi Secco. Gaúcho de nascimento e rio-verdense de coração, ele desembarcou na cidade em 1983. Começou plantando 300 hectares de soja e multiplicou a área cultivada através de esforço, persistência e investimento em tecnologia. Aliás, características marcantes de quem produz na região.

O produtor José Roberto Brucceli também contribuiu para o crescimento do município. Há 33 anos no sudoeste goiano, o agricultor viu a atividade ganhar força em Rio Verde, que se tornou o maior produtor de grãos de Goiás. Por ano, são mais de 1,2 milhão de toneladas de soja, milho, sorgo, milheto, arroz. Hoje, as lavouras ocupam mais de 378 mil hectares dos quais 280 mil são de soja.

Esta força do campo não é resultado apenas do sucesso alcançado da porteira para dentro, mas também do empenho dos agricultores em solucionar os obstáculos existentes da porteira para fora. Empenho que ajudou a transformar o cenário e a economia de Rio Verde nos últimos 30 anos, através da implantação de agroindústrias que se tornaram cartões de visita da cidade.

Elas estão espalhadas ao redor do município. Convertem grãos em proteína animal, óleo, riquezas. A primeira fábrica de óleo vegetal de todo o Centro-Oeste foi construída na cidade, fruto da iniciativa de agricultores que se uniram para superar barreiras como a falta de armazéns e logística, que inviabilizavam a sojicultura na região.

A aposta vitoriosa da Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano (Comigo) abriu as portas para o investimento de outras agroindústrias. Muitas são abastecidas por granjas de suínos e aves, que se multiplicaram. Afinal, não falta matéria-prima para a ração. E o reflexo de tudo isso é o crescimento da renda, da oferta de empregos e da qualidade de vida em Rio Verde. Qualidade que gente simples, como o Cristiano Garcia Santos passou a ter.

Cansado de ficar longe da família, ele trocou a vida de motorista de caminhão pela de gerente de um aviário. Aproveitou a oportunidade gerada no campo para acompanhar de perto o crescimento do filho e, ao lado dele, ter incentivo e coragem para retomar antigos projetos de vida.

Participe da abertura da colheita

O site do Projeto Soja Brasil promove a ação #ColheitaSojaBrasil. Pelo Facebook do Soja Brasil e pelo Twitter do projeto, envie fotos da colheita em sua lavoura e participe também do evento mostrando como está o trabalho das colheitadeiras em outras regiões do Brasil. Com a foto, envie também informações da localidade da plantação, da pessoa que aparece na imagem e da expectativa para esta safra.

CANAL RURAL

  • Enviar

Busca

Canal Rural

© 2011-2014 RuralBR.com.br

Todos os direitos reservados